Reformulação de programas sociais empaca no governo Bolsonaro

09/01/2020



Após um ano de mandato de Jair Bolsonaro na presidência da República, a reformulação dos programas sociais das gestões petistas ainda esbarra em indefinições entre ministérios, envolvendo principalmente a falta de dinheiro.
Sem previsão clara de quando as mudanças começarão a valer, programas como Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e Pronatec enfrentam um futuro incerto no governo, que ainda não conseguiu tirar do papel as reformulações.
Nos três principais projetos, a gestão Bolsonaro também adotou uma estratégia de tentar descaracterizar ações sociais associadas a governos petistas. Em alguns casos, até os nomes devem mudar.
A ideia é reverter a avaliação de que Bolsonaro não tem adotado medidas na área social. O presidente enfrenta baixa popularidade nas regiões Norte e Nordeste do País.
Campanha – Desde a campanha eleitoral, o argumento usado é que esses programas apresentam falhas que precisam ser corrigidas. Os ajustes, no entanto, não avançaram em um ano de governo.
Fonte: Folha de S. Paulo.